sábado, 25 de abril de 2009



Short & Longhaired
Vorstehhund) (Grey Ghost) (Weims)

Weimaraner Puppy Dogs
Mystic Hollow Weimaraners- Alberta Canada

Find a Weimaraner Breeder
Place an Ad

Rescue a Weimaraner
List Your Rescue


VI -mer-ron er


The Weimaraner is a sleek, moderately large, athletic dog with beautiful lines. It comes in a short, fine, smooth gray coat or a rarer longhaired variety (FCI Group 7). All shades of gray are accepted. The head and ears are a bit lighter in color than the rest of the body. The head is long and aristocratic and the muzzle is strong. The eyes are amber, blue-gray or gray - with an intelligent expression, and the nose is gray. The ears are moderately long and pendant. The topline slopes gently downward from the withers. The forelegs should be straight with dewclaws removed. The tail is docked to 1½ inches (4cm) when the dog is two days old. The limbs are long and muscular. The Weimaraner has webbed feet for swimming.


Happy, loving, intelligent, cheerful, and affectionate. Without the proper exercise they will be very rambunctious. This breed needs firm, experienced training from the start, with an owner who understands how to be a dog's pack leader, or this breed can become highly opinionated and willful. Without this proper leadership, they can become combative with other dogs. Quick to learn, but resistant to repetitive training. Can be reserved with strangers. Socialize them well at an early age. Protective on his own territory. Very brave and loyal, it has a strong prey instinct. Do not trust with small non-canine animals. This is definitely not a herding or farm dog. The Weimaraner needs to live indoors as a member of the family. He needs attention and companionship, but most of all, leadership, boundaries he needs to follow, and limitations to what he his allowed to do, along with consistent leadership. These things are instinctually essential to having a happy, behaved, stable minded dog. If regulated to a kennel life or if left alone too much, he can become very destructive and restless. He is a natural protector. Weimaraners are often kind to children, but are not recommended for very young ones, because they are energetic enough to accidentally knock a child down. Give your Weim plenty of extensive exercise, or he will become very restless and over excited. Because this breed is so full of energy, the first thing they need to learn is sit, then praise only when sitting. This will prevent jumping in the future, as they are strong dogs and will knock over elderly or children by accident. This breed especially should not be hit to discipline, they become wary easily. Once they have a fear of someone/something, they look to avoid and training is all but impossible. They are so eager to please, and motivated by reward (food or praise) Once a trick is learned, the dog will leap to repeat for praise. Although they are often mistaken as dumb, because they have such focus, if the trick or owners request isn't their focus at the time, it will not occur! Spend a lot of time with short leash walk, next to you. If left to run ahead they will pull like a train. A loose prong collar, making sure the chain section is in the front, and only pull forward and down, with a quick release when walking. Do not use choke or prong to train, they become hopeless very quick and all is lost from this point. This breed likes to bark, and needs to be corrected if it becomes excessive. Very hardy, with a good sense of smell, and a passionate worker, the Weimaraner can be used for all kinds of hunting.

Height, Weight

Height: Dogs 24-27 inches (61-69cm) Bitches 22-25 inches (56-63cm)
Weight: Dogs 55-70 pounds (25-32kg) Bitches 50-65 pounds (23-29kg)

Health Problems

As they are prone to bloat, it is better to feed them two or three small meals a day rather than one large meal. They may also suffer from hip dysplasia, but are in general a hardy breed of dog. Hip dysplasia has been reduced to only 8% through conscientious breeding. Prone to hypertropic osteodystrophy (too rapid growth) and tumors.

Living Conditions

Weimaraners will do okay in an apartment if it is sufficiently exercised. They are relatively inactive indoors and will do best with at least a large yard.


These are powerful working dogs with great stamina. They need to be taken for a daily, long walk or jog. In addition, they need plenty of opportunities to run free. Do not exercise them after meals. It is best to feed a dog after a long walk, as soon as they cool down.

Life Expectancy

About 10-12 years.


The smooth, short-haired coat is easy to keep in peak condition. Brush with a firm bristle brush, and dry shampoo occasionally. Bathe in mild soap only when necessary. A rub over with a chamois will make the coat gleam. Inspect the feet and mouth for damage after work or exercise sessions. Keep the nails trimmed. This breed is an average shedder.


The breed is several centuries old. A Weimaraner appeared in a Van Dyck painting of the early 1600's. There are various theories as to its origin. Some feel it is the result of albinism that overtook some ancient German pointing dogs. Others feel it is descended from the German hound, the Braken. And still others feel it is the fruit of crossings overseen by Grand Duke Karl August of Weimar between a regular pointer and a certain yellow pointer. The Weimaraner is a pointer and an all-around personal hunting dog. He was originally used to hunt, track and bring down big game. As big game became scarce, he was adapted to smaller game and upland birds. He also has a reputation as a fine water retriever, though he may need to be taught to swim. Weimaraners have been used as rescue dogs, service dogs for the disabled, and as police dogs in England and Germany. The breed was first imported to the United States in 1929 by Howard Knight who founded the U.S. breed club. Sesame Street often plays skits with this breed dressed up in human clothes. Some of its talents include: hunting, tracking, retrieving, pointing, watchdogging, guarding, police work, search & rescue, and agility.


Gun Dog, AKC Sporting



Quinta-feira, 25 de Setembro de 2008


Weimaraner dog training is a difficult task, especially for the inexperienced dog owners. The Weimaraner has a very strong personality and has a lot of energy that will require an active owner. The Weimaraner has a very special appearance, due to the unusual color of the coat. The coat is short and very smooth, not requiring special attention.

The Weimaraner is a very strong dog and when running, can attain extremely high speed. This is the reason why they are used in hunting.

Weimaraner dog training is better if done by professionals.

However, the Weimaraner is a very loyal dog, very affectionate and the best friend of the family.

How to Train the Weimaraner

As said earlier, the Weimaraner needs special training. While performing the Weimaraner dog training, keep in mind that this breed is very alert and need to be taught how to calm down. You also need to learn to take control over your dog's behavior; you have to be the dominant person. The Weimaraner dog training requires a very energetic trainer, because this dog is hyperactive.

Don't leave your dog alone for too long, it will chew everything, and it may even try to run away, not to mention the noise that the dog will make while barking.

Try to socialize your dog from an early age, because the Weimaraner tends to attack other animals, like cats and even small dogs. The Weimaraner owner should avoid the dog's contact with small children.

The Weimaraner does not like to live outside. They will be miserable if not given attention and affection.

Exercise is a must during Weimaraner training. Being a very active dog, if not sufficiently exercised, the Weimaraner will destroy your home.

Weimaraner Weimaraner dog picture
Weimaraner puppy photo
Weimaraner puppy photo

Um breve histórico


Alguns especialistas afirmam que weimaraner deriva de um cruzamento desejado pelo Grão Duque Carlos Augusto de Weimar, de onde vem o nome, entre um pointer amarelo e uma fêmea de raça não identificada. Streel, ao contrário, sustenta que a raça existia com anterioridade e atribui a sua derivação atual a um processo de albinismo.

Mais aceitável é a tese sustentada pela associação alemã do weimaraner, segundo a qual o antepassado da raça seria o leithund, considerado por sua vez descendente do Bracken e o weimaraner. Por exemplo a forma do crânio, o dorso do focinho retilíneo, a depressão naso-frontal mínima, a moderna tendência dos lábios a caírem, a comissura labial pequena, a posição da cauda, etc.

A conservação através do séculos, de particularidades congênitas tão típicas, constitui, por certo, uma demonstração da inalterabilidade da raça; pode-se excluir, portanto, a hipótese dum cruzamento eventual e pode-se reconhecer direito de precedência em relação a outras raças alemãs.

PADRÃO DA RAÇA - Bruno Tausz

ASPECTO GERAL: o weimaraner é um cão de caça, de tamanho médio para grande. É um cão de utilidade, de forte musculatura, elegante, bonito e harmonioso.

CABEÇA: em proporção ao tronco, nos machos mais larga que nas fêmeas.
stop: pouco pronunciado.
Trufa: mais escura que a cor da pele, tornando-se mais acinzentada em direção à cabeça.
Olhos: redondos, cor do âmbar claro ao escuro, de expressão inteligente e dócil. Nos filhotes são de cor azul-claro.
Dentadura: forte e perfeitos; mordedura em tesoura.
Orelhas: longas e largas, inseridas alto, seu comprimento alcança a comissura labial. Em atenção, ligeiramente voltadas para frente, com dobras.

PESCOÇO: musculoso, quase redondo, não muito curto, erguido com elegância. Insere-se harmoniosamente nos ombros e dorso. Sem barbelas.

TRONCO: bem proporcionado e musculoso; a relação comprimento do tronco / altura na cernelha = 12:11.
Peito: forte e bem profundo.
: firme, musculoso e reto. (*Um dorso longo como típico da raça não é considerado faltoso*).

CAUDA: cortada na idade de um ou dois dias.
Para os cães de pêlo curto e médio, reduzida mais ou menos à metade.
Para os cães de pêlo longo, corta-se duas a três vértebras.
É inserida comparativamente mais abaixo da linha do dorso do que em outras raças e revela uma original tendência à caída vertical. Os exemplares de pêlo longo deverão ter boa franja.

ANTERIORES E OMBROS: altos, retos, paralelos, mas não muito afastados. Cotovelos trabalhando rente ao tórax e corretamente direcionados para frente, livres e retos.

POSTERIORES E GARUPA: paralelos e corretamente direcionados para frente. Boa angulação, membros bem desenvolvidos e musculosos. Garupa longa e pouco angulada.

PATAS E ALMOFADAS: fechadas e fortes, sem ergôs. Corretamente direcionadas para frente, dedos curvos, arqueados, unhas cinza claro e cinza escuro. Dígitos centrais muitas vezes mais longos. Almofadas grossas e duras, corretamente posicionadas.

MOVIMENTAÇÃO: em todas as modalidades deve ser fluente e com boa cobertura de solo. Anteriores e posteriores visivelmente paralelos. Galope longo e raso. No trote, o dorso permanece reto e nivelado, sem oscilações. A marcha é indesejável.

Altura na cernelha:
Machos: 59 a 70 cm. Ideal: 62 a 67 cm.
Fêmeas: 57 a 65 cm. Ideal: 59 a 63 cm.

COR: é o cinza, nas tonalidades: prata, rato e cervo, e nas tonalidades intermediárias dessas cores. São permitidas manchas brancas no peito e pequenas pintas nas patas. Tonalidade e marcações fogo e marrons no pêlo não são permitidas. O cinza-azul desclassifica o cão e o exclui da reprodução.

PELAGEM: pode ser de três tipos: Curta (ideal): lisa, assente, com ou sem subpêlo.
Média: lisa, assente, com subpêlo denso.
: macia e longa, com ou sem subpêlo, de 3 a 5 cm de comprimento.


1. tamanho pequeno ou grande. Absolutamente atípico. Principalmente pesado ou linfático ou fraco ou raquítico. Estrutura defeituosa.
2. outra cor que não o cinza, nas tonalidades prata, cervo ou rato com suas variações. Pêlo branco em cicatrizes não são consideradas faltas. Marcação marrons. Manchas excessivamente grandes no peito. Patas brancas;
3. total ou parcial falta de pêlo. Tipo de pelagem que não se enquadre nos tipos de pelagem padrão;
4. cabeça atípica, desproporcional. Cabeça de Buldogue;
5. nariz côncavo, stop pronunciado;
6. nariz nitidamente cor-de-rosa;
7. entrópio ou ectrópio. Olhos enviesados. Outra cor que não o âmbar e suas variações;
8. prognatismo. Faltas de dentes, com exceção do P1 e M3;
9. barbela pronunciada;

10. corpo nitidamente atípico ou deformado;
11. pronunciado peito em tonel;
12. pronunciado dorso carpeado ou selado;
14. patas de Basset;
15. displasia;
17. visivelmente prejudicado nos movimentos;
18. mono ou criptorquidismo.


A variedade do weimaraner PÊLO LONGO é assim descrita:
O weimaraner pêlo longo difere do pêlo curto no tipo de pêlo e no corte da cauda. Todos os demais pontos do padrão são iguais.
O pêlo é macio e longo, com ou sem subpêlo. Liso ou ondulado. Na inserção das orelhas é mais longo. Na ponta das orelhas é permitido o pêlo aveludado.
Comprimento de pêlo nos flancos, de 3 a 5 cm. Sob o queixo, no antepeito e barriga, normalmente mais longo. Cauda com boa franja. Espaço entre os dedos com pêlo longo. Pelagem na cabeça menos longa que no corpo. A pelagem total muitas vezes só aparece após os 24 meses de idade.
O corte da cauda é feito aos 2 ou 3 dias de idade e corta-se apenas 2 ou 3 vértebras a partir da ponta da cauda.
A CABEÇA do weimaraner, onde se concentra toda sua força e beleza, é detalhada dentro do padrão da seguinte forma:
Moderadamente longa, em harmonia com o tamanho do corpo. Mais larga nos machos que nas fêmeas, no entanto em ambos com boa proporção entre a largura do crânio superior e o comprimento total. Proporções de comprimento, da ponta do nariz ao stop um pouco mais longo do que do stop ao occipital. Na têmpora, um aprofundamento. Occipital ligeiramente pronunciado na aparência. Através dos olhos, têmporas nitidamente traçáveis. Focinho comprido e, principalmente nos machos, forte, de perfil quase quadrado. Dorso do nariz reto, muitas vezes um pouco convexo, jamais côncavo. stop pouco pronunciado. Lábios pouco superpostos, com a gengiva em cor de carne. Ligeira comissura labial. Bochechas musculosas e bem definidas. Cabeça seca.

NOTA: os machos devem apresentar dois testículos, de aparência normal, bem desenvolvidos e acomodados na bolsa escrotal.



2.018 registros em cinco anos

Ele conquista admiradores não só pelos olhos de cor âmbar contrastando com a pelagem cinza e por suas formas bem proporcionadas e elegantes.
O Weimaraner encanta também pela forte devoção ao dono. “São cães completamente apaixonados”, resume Ingrid Heins (veja qualificação dos entrevistados no quadro Consultores).
“Os meus se contorcem de tanta alegria e até sorriem ao me ver chegar; só falta falarem de tão comunicativos que são”, exemplifica ela.

Essa forte ligação foi desejada desde a formação da raça no final do século 19, na Alemanha, para trabalhar em dupla com o caçador, mantendo-se próximo a ele.
Apto a atuar em campos, florestas ou na água, fareja a pista de animal de pêlos e a segue com determinação bem como aponta aves ocultas na vegetação, amarra-as (olha fixamente como se fosse atacar, para deixá-las paralisadas diante do perigo iminente) e, ao sinal do caçador, avança para fazê-las levantar vôo.
Também busca a caça abatida, sem medo de mata cerrada, pântano ou água gelada.

Atlético e sempre disposto a agradar ao dono, o Weimaraner é companheiro animado em caminhadas e em esportes em dupla, como o agility.
Essa atividade, aliás, tem tudo a ver com a raça.
Atende à necessidade de atividade e aprimora o entrosamento, resultando em melhor aceitação da liderança do dono.
Há norte-americanos que se reúnem para treinar esse esporte com seus Weimaraners e confraternizar em eventos informais como o Weimaraner Agility Fun Day , conforme mostram essas duas fotos tiradas no sul da Califórnia. É diversão e saúde para humanos e caninos.
“No Brasil, mesmo entre aqueles que conhecem o Weimaraner, poucos sabem do verdadeiro potencial da raça”, observa Regina Penna Rodrigues.

O maior pólo de criação de Weimaraners está nos Estados Unidos. Em 2003, foram registrados 8.763 filhotes no American Kennel Club (AKC), 29ª posição entre 151 raças.
Mais de dois mil criadores e donos de Weimaraners são sócios do Weimaraner Club Of America (WCA – www.weimclubamerica.org), filiado ao AKC.
“Organizamos exposições de beleza, provas de agility, de obediência e outras para avaliar a habilidade para apontar e buscar a caça, em todo o país”, conta Rosemary Carlson, presidente do WCA.
“Em nossa última exposição especializada, que durou cinco dias, cerca de 200 cães participaram”, comenta.
“Temos ainda muitos associados que participam com seus Weimaraners de visitas a pacientes de hospitais e asilos, em programas de pet terapia, aproveitando o bom humor e a sociabilidade da raça”, acrescenta.

No Brasil, o Weimaraner esteve entre as 15 raças mais registradas na Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC) na década de 80, quando chegou a mais de mil filhotes por ano. Em 2003, houve registros de filhotes de Weimaraner em 12 Estados brasileiros, na CBKC, num total de 293 exemplares, o que deu à raça a 47ª posição (veja gráficos) .
No mesmo ano, na Alemanha foram registrados 633 Weimaraners (37º lugar).

A pelagem predominante nos Weimaraners é a curta. Desde 1992, o Weimaraner Klub (WK), entidade alemã responsável mundialmente pela raça perante a Federação Cinológica Internacional (FCI), dá ao Weimaraner de pêlo longo tratamento semelhante ao de pêlo curto, tanto no padrão como na logotipia do clube e nas informações prestadas ao público.
“Hoje, a criação do Weimaraner de pêlo longo representa cerca de 30% da criação da raça na Alemanha, sendo ambas as variedades registradas simplesmente como Weimaraner”, conta Gerhard Eiben do WK. O Weimaraner de pêlo curto não deve ser cruzado com o de pêlo longo para não se perder o controle sobre o comprimento dos pêlos dos descendentes.
“Só damos essa autorização em casos especiais, para melhorar linhas de sangue de pêlo longo”, explica Gerhard.

“Nos Estados Unidos, os Weimaraners de pêlo longo bem como os de cor azul podem ser registrados no AKC, mas são desqualificados nas exposições não podendo ser campeões”, informa Rosemary.
A cor cinza do Weimaraner pode ir da tonalidade prata (mais clara e brilhante) e corça (puxando para o bege) até a cinza-rato (quase chumbo).
Pequenas manchas brancas são permitidas no peito e nos dedos.

A tradição secular da cauda cortada é ainda bastante adotada no Brasil. O padrão do AKC exige que o corte seja feito para deixá-la com seis polegadas (15,24 centímetros).
Na Alemanha, o corte da cauda de cães foi proibido por uma lei protecionista de 1998, para os cães que não são usados na caça.
O padrão alemão do Weimaraner, adotado pela FCI e CBKC, exige cauda forte e bem coberta de pêlos.
Nos países onde não há restrição legal ao corte de cauda, a praxe é aceitar igualmente a cauda cortada e a íntegra, como acontece no Brasil.


“O Weimaraner é tão sintonizado no dono que o acompanha até no estado de espírito – fica triste ou quer brincar de acordo com o ânimo da pessoa”, ressalta Regina Penna Rodrigues. “É um cão que adora o contato físico e a interação e que sofre se for tratado com indiferença”, comenta Ingrid Heins.
“Os de casa estão sempre esparramados no meu colo e ‘conversando' comigo.” A raça tende a ter um dono preferido e a estar com ele onde for.

Os 7,6 pontos dados à submissão do Weimaraner vieram juntos com a advertência de que o dono precisa saber se impor.
“Devemos liderar o Weimaraner com firmeza, mostrando a ele como ficamos felizes quando age do jeito que desejamos”, ressalta Ingrid.
“Ele não obedece por obedecer – necessita ter um bom motivo para atender a um comando”.

Fisicamente disposto a enfrentar longas jornadas na natureza, o Weimaraner precisa de exercício.
Quando mantido em ambiente interno, se não sair para correr e brincar, queimará energia com o que tiver ao alcance.
“A começar pela destruição dos nossos chinelos”, brinca Ingrid.

Com disposição para a atividade e vontade de agradar, a raça costuma aceitar bem até crianças agitadas.
Quanto ao convívio com outros animais, o Weimaraner precisa ser ensinado a respeitá-los.
“Caso contrário, um gato correndo ou um pássaro no quintal poderão ser vistos como caça”, alerta Lucas.

O Weimaraner late para dar alerta, é protetor e tem porte sufi ciente para intimidar, apesar de não ser um guardião daqueles que permanecem desconfiados na presença de estranhos. Pelo contrário. “Meus exemplares festejam os desconhecidos com os quais converso”, diz Ingrid.

Deixado sozinho por muito tempo ou em local em que não possa se exercitar o sufi ciente, o Weimaraner tende a latir muito e a desenvolver maus hábitos, como ocorre com muitos outros cães.


Outros nomes: Braco de Weimar e Weimaraner Vorstehhund.

Classificação CBKC/FCI: Grupo 7, Cães Apontadores; seção 1, Cães Apontadores Continentais.

Usos: cão de caça por faro e por aponte e de busca, em terra e água. Usado também para companhia e proteção. É bom parceiro em atividades esportivas.

Porte: altura na cernelha – 59 a 70 cm, ideal: 62 a 67cm (macho); 57 a 65 cm, ideal: 59 a 63cm (fêmea). Peso: 30 a 40 kg (macho) e 25 a 35 kg (fêmea).

Pelagem: de dois tipos. Curta – mais longa e espessa que na maioria das raças de mesmo tipo, muito densa e bem aderente.
Se houver subpelo, é esparso. Longa — macia e lisa ou ligeiramente ondulada.

Ambiente ideal: externo. Em ambiente interno, praticar pelo menos uma hora de exercício físico diário.

Exercício: correr e brincar à vontade.


1) Ingrid Heins , Canil Nobiskug, Rio de Janeiro, RJ. Cria há 26 anos e conviveu com 20 Weimaraners adultos

2) Lucas Py Becker , Canil Greypowder, Barra do Ribeiro, RS. Cria há 7 anos e conviveu com 9 Weimaraners adultos

3) Regina Penna Rodrigues , Canil Champion`s Line, Porte Alegre, RS. Cria há 12 anos e conviveu com 15 Weimaraners adultos,

Agradecimento: Erick Abeldt (criança modelo).

Uma Foto

Weimaraner de pêlo curto
Nome original

Outros nomes
Braco de Weimar
País de origem

Padrão FCI
Grupo: 7
Seção: 1
Cães apontadores continentais tipo braco
Número #99 27/02/1990
Não é reconhecida oficialmente

Pêlo curto
Pêlo longo

O que você deve saber sobre


Seu temperamento é vivo, sincero, afetuoso e alegre. É um cão que pode ser utilizado em todo tipo de caça. Este cão é extremamente fiel, se bem treinado, gosta muito de correr e brincar, não é agressivo, e é meigo com as crianças. Ele tem uma paciência incrível com todos da casa. É um cão que não tolera ficar muito tempo no canil. Alguns weimaraner latem muito e escalam cercas. São ótimos caçadores. Muito dócil, mas sabe proteger o dono e seu ambiente, quando necessário. É também esportivo e versátil, pois tem boa resistência física. Curioso, é dotado de uma habilidade única para imitar os movimentos humanos como, por exemplo, abrir trincos e maçanetas para fugir de casa.


O Presidente Eisenhower possuía um exemplar, que foi o segundo cão a entrar na Casa Branca. Quando pequenos nascem com a coloração dos olhos verdes ou azuis.Quando ficam maiores seus olhos ficam com a coloração âmbar.

Este artigo é um esboço sobre cães. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Alemanha. É uma raça muito antiga e não se sabe precisar exatamente quando surgiu. Há pinturas de 1600 retratando cães da raça.

São quatro as versões aceitáveis para a origem do Weimaraner. A primeira diz que a raça surgiu a partir do cruzamento do Saint Hubert, alguns Hounds Franceses, do Pointer pêlo curto, do Pointer Espanhol, do Bloodhound e do German Schweisshunds. Outra versão considera que a raça foi criada a partir de hounds alemães. Uma terceira versão afirma que são resultantes de alguma variação do Pointer Alemão albino. A última versão, e a mais aceita, é que estes belíssimos cães foram criados pelo Grão Duque Karl August de Weimer, na Alemanha, através do cruzamento de um determinado Pointer amarelo e de um Pointer comum. Sabe-se que eram muito apreciados no século XIX, na corte de Weimer. O Weimaraner foi introduzido nos Estados Unidos nos anos 40 e é conhecido lá como Silver Ghost ou Fantasma Cinza.-- 10h44min de 7 de Novembro de 2007 (UTC)


Inicialmente era usado para caçar ursos, lobos e felinos. É um exímio caçador. Possui uma mordida macia, leve e muito firme, bastante apreciada pelos caçadores. Atualmente, é mais usado como cão de companhia e para caça de aves.


É capaz de realizar inúmeras tarefas, mas precisa de treinamento rigoroso para atingir todo o seu potencial. Normalmente, aprende após 5 a 15 repetições de um mesmo exercício. No livro "The Intelligence of Dogs" de Stanley Coren, o Weimaraner ocupa a 21ª posição entre as raças mais inteligentes, em termos de obediência e também na execução de tarefas de trabalho.


Precisa de espaço para se exercitar.

Cuidados especiais

Não exige nenhum cuidado especial; é muito fácil de ser criado. Apenas deve ser observado que existem exemplares com a cauda completa e não cortada como deve ser, evite esses pois, por serem cães alegres, a cauda sem corte se transforma em um "chicote" que derruba copos e causa muita confusão, podento até fica ferida por ficar batendo em paredes, etc.

Expectativa de vida

12 a 14 anos.

o weimaraner é um cão de grande porte.Sua pelagem é apenas em tonalidades de cinzento, indo de cinza a cinzento-floresta. É permitido uma mancha branca no peito.


Esta raça não é muito sossegada, ou seja, nervosa, os olhos podem ser azuis ou verdes(quando filhotes), quando ficam adultos seus olhos tendem a ter a cor âmbar.Podem ter pelagem curta ou longa, são muito resistentes e robustos, são cães atléticos.Devido essa raça possuir uma cauda muito longa,geralmente esta é cortada na segunda vertebra caudal,com 2 dias de nascimento. Deixar a cauda longa causaria problemas para o animal e para o proprietário,pois se torna um chicote quando ele expressa felicidade.No entanto são animais muito dóceis,amáveis, companheiros e muito divertidos.Não se cansam fácil.

O Físio da Raça

Fisicamente, é um cão de porte médio-pesado e belas formas, com altura de 59-70 cm, cabeça larga, nariz rosado escuro, focinho longo e forte, stop mínimo, orelhas largas e compridas, olhos de cor âmbar, cauda cortada em 4 cm nos países que permitem essa prática. Seus membros são longos e musculosos, o pêlo é fino e pode ser curto ou longo, nas cores cinza prateado (o mais comum), cinza-cervo ou cinza-rato. o corpo é musculoso, balanceado e gracioso, com movimentos rápidos e leves. A cabeça possui crânio largo, com focinho quadrado, olhos afastados e orelhas longas, largas, arredondadas e caídas. A cauda é cortada. Os membros são retos e fortes, porém não são largos.

Pelagem: é lisa, curta, espessa e com brilho. Existe também o Weimaraner de pêlo longo, muito apreciado na Europa e muito raro em outros lugares. Estes não são aceitos no AKC.

Cor: sólida, variando do cinza, ou fígado escuro, ao prateado.

Altura e peso: os machos medem, em média, 59 cm a 70 cm. Já as fêmeas, 57 cm a 65 cm. Ambos pesam de 30 a 38 Kg.